Óleos vegetais para os cabelos e suas funções

Olá gente, como vocês estão? Já falei nesse post sobre a diferença entre os óleos vegetais e os minerais, e hoje vim falar sobre os principais óleos vegetais para os cabelos e suas funções. Eles promovem a nutrição dos fios e podem ser encontrados em diversos cosméticos, além da sua forma pura que é ideal para umectações. Vale lembrar que o óleo puro é absorvido pelo cabelo, então pode ser aplicado até no couro cabeludo e se usado corretamente não o deixa oleoso, que é a dúvida de muitas pessoas. Separei os óleos em três tópicos para ficar mais fácil de entender qual é o ideal para o que seus cabelos precisam. Confira!


Para cabelos secos, ressecados e/ou danificados:

  • Coco: O óleo de coco é rico em ácido láurico, um ácido graxo que ajuda a proteger o cabelo, penetrando com facilidade e reduzindo a perda de proteínas dos fios. Também possui propriedades tonificantes para os cabelos secos, e se misturado com óleo de amêndoas ajuda a prevenir as pontas duplas.
  • Argan: O óleo de argan é rico em ácidos graxos, como o ácido linolênico, e em vitaminas A, D e E. Ele é um poderoso antioxidante, retardando o envelhecimento dos fios e formando uma camada protetora que evita a perda de água.
  • Abacate: O óleo de abacate ajuda a controlar o frizz e deixar o cabelo brilhoso e macio. Ele é rico em ácido fólico e aminoácidos, que promovem o crescimento de células saudáveis, restabelecendo a saúde do couro cabeludo.
  • Macadâmia: O óleo de macadâmia contém gorduras monoinsaturadas que ajudam a proteger o couro cabeludo dos raios UV, poluição, secador, chapinha e produtos químicos. Ele repara a elasticidade dos fios, evitando a quebra. É indicado principalmente para cabelos quimicamente tratados.
  • Ojon: O óleo de ojon auxilia na reconstrução da fibra capilar, e é rico em lipídeos que aumentam a força e resistência dos fios. Ele também serve como antifrizz e diminui o volume dos cabelos. É indicado para couros cabeludos sensíveis, por conter compostos que já existem naturalmente em nosso cabelos.

Para estimular o crescimento e/ou reduzir a queda:

  • Rícino: O óleo de rícino melhora a circulação sanguínea, essencial para estimular o crescimento dos fios. Ele é rico em Omega 6, que fortalece os cabelos deixando-os menos frágeis.
  • Babosa/aloe vera: O óleo de babosa ou aloe vera contém queratina natural, ajudando na reconstrução do fio. Ele deixa os cabelos mais fortes, resistentes a queda e quebra, além de controlar o volume.
  • Jaborandi: O óleo de jaborandi possui pilocarpina, uma substância que previne a queda dos cabelos e promove o crescimento capilar.
  • Cenoura: O óleo de cenoura é rico em vitaminas A e E, minerais e betacarotenos, que são nutrientes que aceleram o crescimento e previnem as pontas duplas.

Para cabelos oleosos e/ou com caspa:

  • Jojoba: O óleo de jojoba tem propriedades antissépticas, que diminuem a oleosidade e previnem a caspa. Além disso, ele ajuda a eliminar os restos de produtos que ficam acumulados nos fios.
  • Oliva: O óleo de oliva é rico em ácidos graxos e vitamina E, e possui propriedades que aliviam a coceira no couro cabeludo e evitam a caspa.
  • Alecrim: O óleo de alecrim tem ação anticaspa, efeito bactericida e fungicida, que aumentam a defesa do couro cabeludo contra infecções. É rico em vitaminas do complexo B, vitamina A, C e minerais.

Espero que tenham gostado do post de hoje! Agora já sabem qual óleo comprar ou procurar na composição dos cosméticos, de acordo com o que seus cabelos estão precisando. Beijos <3
Imagem: Pixabay