Quem tem o couro cabeludo oleoso sabe que pode ser bem trabalhoso controlar essa produção excessiva de oleosidade. Além das dicas que já estamos cansadas de saber (não lavar o cabelo na água quente, não aplicar produtos proibidos na raiz,...), hoje trouxe três dicas que têm me ajudado muito a contornar esse problema. Quem me acompanha sabe que sempre sofri por ter a raiz oleosa, mas de uns tempos para cá esse problema tem diminuído muito. E isso graças às dicas que eu trouxe para vocês hoje!



1) Diminua o uso de sulfatos: os sulfatos são agentes surfactantes presentes na maioria dos shampoos, por possuírem baixo custo para a indústria cosmética. Acontece que esse componente pode ser prejudicial para alguns couros cabeludos, por fazerem uma limpeza mais agressiva. Quando removemos a oleosidade natural do nosso couro cabeludo, nosso organismo entende que precisa produzir ainda mais oleosidade para suprir essa falta. É o famoso efeito rebote, por isso o low poo é uma técnica especialmente benéfica para quem tem a raiz oleosa.


2) Faça detox todo mês: o detox é um tratamento que visa desobstruir os folículos capilares. Quando os folículos estão obstruídos, nosso couro cabeludo costuma ficar extremamente oleoso, além de estagnar o crescimento dos fios e causar até mesmo a queda capilar. Minha forma favorita de fazer detox é com a argila verde: ela possui ação seborreguladora, além de ser bem mais barata e eficiente que os shampoos detox. Para fazer, basta misturar 1 colher (sopa) de argila com 2 colheres (sopa) de co-wash ou shampoo, e usar na lavagem. Não esqueça de aplicar um pré-poo antes da para proteger o comprimento do cabelo, enxaguar bem a argila e fazer uma hidratação depois.


3) Inclua o óleo de melaleuca na sua rotina: os óleos essenciais possuem diversas aplicações, inclusive na saúde do nosso couro cabeludo. O óleo de melaleuca, também conhecido como tea tree, é extremamente benéfico para raízes oleosas: ele possui ação antisséptica e anti-inflamatória, além de deixar aquela sensação de frescor que todo mundo adora. Mas é importante dilui-lo no shampoo ou co-wash na hora de usar (cerca de 5 gotas para uma lavagem), os óleos essenciais são bem concentrados e não podem ser usados puros. Acrescentar algumas gotinhas no seu detox com argila também vai te ajudar muito!


E você, também sofre com a oleosidade excessiva? Beijos e até o próximo post!

Imagem: Pexels