Tão importante quanto saber escolher os produtos adequados para o cabelo, é saber como usá-los. Na hora de cuidar do cabelo em casa podem surgir muitas dúvidas em relação a ordem e aplicação dos produtos, não é? Então hoje montei um guia bem prático e com detalhes que vão te ajudar a tratar corretamente o seu cabelo em 4 passos. Continue lendo!



1) Pré-lavagem: você pode iniciar a sua rotina de cuidados capilares com um tônico com enxágue, aplicando algumas horas antes da lavagem (de acordo com as instruções do fabricante). Para evitar o ressecamento causado pelo shampoo, aplique um creme (máscara, condicionador ou creme para pentear) no comprimento e pontas do cabelo e deixe agir por 10-20 minutos.


2) Higienização: a limpeza do couro cabeludo pode ser feita tanto com shampoo quanto com co-wash, de acordo com o seu cabelo e necessidade.

  • Massagear é essencial: a massagem no couro cabeludo auxilia no processo de higienização, além de estimular os folículos capilares.
  • Você não precisa aplicar 2x: aplicar shampoo/co-wash duas vezes não é regra, e deve ser feito apenas se você realmente sentir necessidade (no caso de ter ficado muitos dias sem lavar o cabelo, por exemplo).

 

3) Aplicação da máscara: não adianta ter bons produtos e não saber usá-los! Na hora de tratar o cabelo, a forma como você aplica a máscara faz toda a diferença no resultado.

  • Sempre retire o excesso de água: a máscara tem dificuldade em penetrar e agir se o cabelo estiver encharcado, então é importante retirar o excesso de água antes. Faça isso dando leve apertadinhas com a toalha, nunca torcendo ou esfregando os fios.
  • Desembarace o cabelo: lembre-se que os fios são mais sensíveis e suscetíveis a quebra quando molhados, então penteie com cuidado! Isso pode ser feito antes ou durante a aplicação da máscara.
  • Enluve: enluvar é o movimento de massagear repetidamente uma mecha, de cima para baixo. Esse processo ajuda na penetração da máscara e na distribuição dela por toda a extensão dos fios.
  • Respeite o tempo de ação: os produtos são feitos para agir no tempo estipulado no rótulo, então respeitá-lo é importante para um bom resultado. Ficar com a máscara no cabelo mais tempo que o indicado pode causar efeito rebote, ainda mais se ela possuir ingredientes reconstrutores (como queratina e aminoácidos).

 

4) Finalização: dependendo da máscara que você usar, o condicionador se torna dispensável após o tratamento, já que muitas máscaras já possuem ação condicionante. Então vamos falar do último passo: a finalização!

  • Finalizar é importante: você não precisa fazer aquela finalização caprichada sempre, mas aplicar nem que seja um óleo finalizador é essencial. Um cabelo sem finalização é um cabelo desprotegido e mais suscetível a danos.
  • Uso de fontes de calor: se você for usar secador, chapinha ou babyliss, não esqueça de usar um finalizador com proteção térmica para diminuir os danos causados pela alta temperatura.

 

Agora me conta: com que frequência você costuma tratar o seu cabelo?

Imagem: Pexels